Sem categoria

Manifesto: Feminismo da vibração

Manifesto: Feminismo da Vibração Katia Sepúlveda. Quero que o mundo reconheça comigo a porta aberta de cada consciência Franz Fanon O feminismo da vibração é

No es lo mismo ser loca que loco

Não é a mesma coisa ser louca que ser louco memórias póstumas de ex-integrantes da Coletiva             O que é acobertar-se?          

Escrever como transgressão

Na divisão do trabalho que corresponde às sociedades patriarcais, a escrita foi uma atividade masculina. As Musas eram deusas que inspiravam o homem (“Canta, ó